Pingos d'água

em sexta-feira, janeiro 27, 2012
Chuvisco com cheiro de chá
Chaveiro da minha paixão
Cachaça não evita chôro
Achei minha chave no chão

O cheiro da chuva chamou
Aconcheguei-me no meu colchão
A chuva encharcou meu sono
Cheguei a sonhar de coração

Karol Coelho

3 comentários:

Erica Ferro disse...

Que coisa mais mimosa!
Adorei!
Deu vontade de tomar chá, de amar, de sonhar!
*-*

Karol Coelho disse...

rs... obrigada, Erica!
A inspiração vem da chuva de São Paulo, que não nos deeeeixa!

Letícia disse...

Estava virando um anfíbio já...
Lindo texto, Karol.

 
imagem do banner Design