Ê ciúme desgramado, sô!

em quinta-feira, junho 11, 2009
"Ciumenta
Para de ser tão ciumenta
Desse jeito NINGUÉM te aguenta"

Cara, como eu sou ciumenta. Nem o mais paciente aguenta o meu ciúme. Sabe aquelas pessoas que tem ciúme de pai, mãe, irmão, amigos, cachorros, livros, pulseiras... e TUDO?
Bom...er...não é fácil confessar, mas eu sou bem ciumenta. Tenho ciúmes do que não devo, do que não me convém. Me sinto dona dos outros. É, eu me sinto.
Fico louca quando saio na rua com minha mãe e os 'caras' ficam olhando, mirando aquele olhar safado pro lado dela. Ah, eu fico doida, olho feio, demonstro que não tô gostando. Um dia desses, até pisei no pé de um cara dentro do ônibus. Ah, ele tava olhando demais, né? Tive que dar um "pare de olhar, seu miserável" e pisei no pé do sujeito. Mas eu sou muito danada mesmo, pisei e ainda fingi que foi sem querer e, sim, com a cara mais deslavada do mundo, pedi desculpas. É, eu não presto.

Nesse momento passo por aquela fase "tô morrendo de ciúmes do meu amigo!".
É, sabe quando você sente que sobrou na equação? Sabe quando você sente que você não é mais tão requisitada, que ele te deixou um pouco de lado ao encontrar aquela paixão? Bom, essa é a minha situação (oh, não!). Sério, é ruim demais, bicho. Você se sente menos amiga, menos querida. Okay, pode ser paranoia minha, eu sei, mas eu sinto, cara, sinto que sobrei mesmo. Ai, eu quero meu amigo de volta. É, eu sou possessiva, louca, desvairada, doente.
"Ai, eu quero o meu amigo de volta..."
Leitores dizem: CALA A BOCA, ERICA FERRO!

Certo, certo, parei...
Ninguém liga mesmo pra mim, me deixam de escanteio, sozinha, no frio da solidão. Ah...eu disse que ia parar, e não parei (ê lasqueira serena!).

Não tô muito bem, não. Desculpem-me.
É que o ciúme está me consumindo pouco a pouco...♫

Devaneado por Erica Ferro

Um comentário:

Arelly Cecília disse...

kkkkkkk
nao conhecia essa sua face, Erica Ferro!

se morde de ciúme então... =x

 
imagem do banner Design