Onda;

em quinta-feira, setembro 10, 2009
Numa onda de inspiração
Quero-me afogar,
Nela desaparecer
E de novo me encontrar.
Quero ser só um pensamento,
Um sentimento embalado
Que deriva no mar
Sem nunca se perder.
Um ser imaginado
Inventado por mim
Sem vestígios de dor

Mas como posso viver
O meu sonho cor-de-rosa
Neste mundo já sem cor?

(Ana Filipa Silva)



Lindo poema, não? Me identifiquei muito desde que eu o vi pela primeira vez no blog da Ana Filipa. Uma mocinha portuguesa de 14 anos apenas. Incrível, não é? Ela escreve como "gente grande". Prova de que não é idade que determina a maturidade de alguém, e sim as suas experiências e sua vontade de aprender e a sentir as coisas da vida.
Ana e eu nos tornamos amigas virtuais, não faz muito tempo, mas sinto como se eu a conhecesse há muito tempo.
Ela é uma pessoa agradabilíssima, sabem? Conversas agradáveis temos no MSN. Falamos da vida, da suas dores e alegrias, falamos de livros, de amor, de dor, solidão...
Falamos do que vem ao nosso coração naquele momento.
Gosto muito de ti, Ana.
Saiba disso, pequena (grande) poetisa portuguesa.
Fica registrado aqui a minha pequena (mas significativa) homenagem.

Erica Ferro

2 comentários:

Natália disse...

Muito lindo mesmo. beijos

Ana Filipa Silva disse...

Owwn amiga *.*
:')

Emocionei-me bastante ( e como já te tinha dito isso não acontece muitas vezes) mas estou numa "fase" má dessa tal de adolescência em que somos postos á prova por todo o mundo e parece não haver ninguém para nos apoiar, alguém que possamos confiar e que tenha uma palavra amiga quando estamos tristes.
Uma "fase" onde a pergunta mais frequente é "onde estão os meus amigos?"

Ao ler esse texto uma janela abriu-se e uma lágrima caiu. Foi a lufada que ar fresco que faltava para perceber que posso contar contigo, que tu gostas de mim e és minha amiga de verdade.

Sei que apenas somos amigas há pouco tempo e que apenas falamos por msn, mas acredita que (agora mais que nunca) vou fazer pra que a nossa amizade dure e vou deixar de me torturar a pensar que não tenho amigos, pois tu é-lo.

Obrigada do fundo do coração (pois ultimamente tenho lutado pra chegar bem lá no fundo ;D e este texto levou-me lá).
Obrigada pela pequena (mas pra mim significativa) homenagem.

Adoro-te muito <3
Beijo no coração :*

 
imagem do banner Design