No fim...

em segunda-feira, abril 12, 2010
Por sorrisos, frases, abraços, beijos, amizade, compreensão;
Por aprender a se importar com o que realmente é preciso, procurar sempre entender;
Por deixar o ego de lado, compartilhar a vida e viver;
Por companheirismo na rotina, sorrir, brincar, deitar, rolar e deixar acontecer;
Por mim, por tentar ser feliz, por ter me entregado a você;
Por ter ouvido mais de uma vez "não é possível que você existe";
Por ter proporcionado risos, gargalhadas;
Por, com a pressa de duas crianças, termos dado um passo de cada vez;
Por lágrimas, despedidas;
Por morrer de saudades sem poder te ver, te tocar, te beijar;
Por querê-lo sempre por perto, e não poder te ter;
Por isso, por aquilo, por aquilo outro, e de novo, por mim e por você;
Mas, principalmente, por nós, por poder ter tido nós, e ainda poder ter;
E, essencialmente, por amor...
No fim, eu virei uma super heroína por você.

Letícia Christmann

6 comentários:

uma criança. disse...

No fim, mudamos e mudamos, aprendemos e erramos, mas ensinamos e somos felizes, mesmo sentindo a amargura da distância, e passando por todo tipo de provação que nos surge a frente.


Mas, toda super heroína precisa de um super herói.

Erica Ferro disse...

Porque amar é para os fortes.

Lindo, Lê. ;*

Jééh disse...

*--*

Karol Coelho disse...

Perfeito, Lê!
Lindo texto!

Ai ai ...

Desirée disse...

que lindoooo, amei.

eu tbm acabei virando uma super heroína no final, mas acho que ngm percebeu.

bjo

Rebeca Postigo disse...

Ah...
Amei!!!

Bjs

 
imagem do banner Design