É pouco?

em segunda-feira, janeiro 17, 2011
Abrindo mão de mim todos os dias
e usando o eu para você.
Entregando meu ser para te ter.
É pouco?

Aguardando o seu chamar,
E seu sorriso em meu caminho

Me convidando para um destino

Que você decide como terminar.

Você me diz que é mágoa.

Faz do passado um sufoco.

O presente parece pouco.

E o futuro? Oco.

(Karol Coelho)

4 comentários:

Letícia disse...

É muito...

●๋• тнαi иαรciмєитσ disse...

Entregar-se completamente a alguém nunca é pouca coisa. Se por acaso a pessoa em questão pensar que seja, é porque não merece tamanho presente.

Gostei muito do poema.

Rebeca Postigo disse...

Talvez...
Quem sabe???

Bjs

Erica Ferro disse...

Triste essa realidade, triste mesmo.
Esperar um 'sim', um 'vem' é sempre angustiante. =/

 
imagem do banner Design