Re(ano)novo

em quarta-feira, janeiro 05, 2011
Aqui é ponto em que o começo e o fim se misturam. Os caminhos são tortuosos, e espero não me perder nesse novo começo, ou novo fim. Devagar, como sempre, continuo a andar, esperando o sol nascer e se pôr conforme o passar dos dias, ele achar melhor. Eu danço no ritmo da música, nas batidas do meu coração. Não tenho rumo certo. Os objetivos parecem falhos. É hora da reciclagem, não quero me perder dentro de mim, e por isso ela se faz necessária. Ando, páro quando tenho vontade, deito e durmo o sono dos justos. Nesse caminho novo não tenho porque temer, mas algo ainda me parece errado. Páro, penso, ando, corro, vôo. Meus sonhos começam a se misturar com a realidade, e meu mundo se perde mais e mais enquanto eu tento explicá-lo, se reduz, parece organizado demais. Posso rir e chorar, a escolha é minha. Posso tudo, e ao mesmo tempo me sinto impotente. Afinal, eu estou no começo ou no fim? Estou em plena fase de desenvolvimento. Me assusto com as opções. Me assusto com a dor, odeio a angústia. Sinto que não sorrio mais com tanta frequência como antigamente, mas pareço mais eu, mais real, mais sincera e, também, mais sentimental. Gosto de poder tudo e não fazer nada. Gosto de não poder nada e querer fazer tudo. Gosto da minha confusão, do ser e não ser. E gosto de ter uma mão para segurar nesse rumo sem rumo. É, afinal, o motivo dos meus sorrisos.

"Mas não precisamos saber pra onde vamos
Nós só precisamos ir.
Não queremos ter o que não temos
Nós só queremos viver.
Sem motivos, nem objetivos,
Estamos vivos e isso é tudo,
É sobretudo a lei...
Dessa infinita highway."
(Infinita Highway - Engenheiros do Hawaii)
Ps. Primeiro post meu do ano!!
E é... Estou nessa confusão mesmo.
Mas me sinto bem nela.
Que as pessoas desse ano sejam melhor
do que as do ano que se passou,
conforme meu post anterior.
Letícia Christmann

4 comentários:

Rafa. disse...

Engenheiros é lindo!
Mas é bem isso Porno, começo de ano é recheado de incertezas, de possibilidades. Mas saiba que essse ano estarei ainda mais presente na sua vida, pra todos os momentos, pros bons, pros ruins e, especialmente, pros sexuais SIUAHSIUAHSIUSHA

Beeeijos porno!

Natália disse...

Viver e ser feliz é o que mais importa. Beijo

Rebeca Postigo disse...

=)
Que meus pés me guiem pelo caminho...

Bjs

Erica Ferro disse...

Me vejo nessa confusão. Até parece que esse texto foi escrito por mim, de tanto que me identifico.

Gosto da minha confusão, da minha agonia e melancolia. Acho que não teria graça se eu não fosse assim.

Amo essa música dos Engenheiros.

=*

 
imagem do banner Design