Bilhete

em sábado, julho 10, 2010
Se tu me amas,
Ama-me baixinho.
~
Não o grites de cima dos telhados,
deixa em paz os passarinhos.
~
Deixa em paz a mim!
~
Se me queres,
enfim,
~
tem que ser bem devagarinho,
amada,
~
que a vida é breve,
e o amor
mais breve ainda.

Mário Quintana

Postado por Letícia Christmann

6 comentários:

Mr.Orange disse...

O amor é tão breve quanto a vida.Por isso, deve ser vivido intensamente!
Quintana é mestre!!

Natália disse...

Tudo é breve! bj

Vanessa disse...

Sempre gostei deste poema :]

Karol Coelho disse...

Sim, eu também sempre gostei desse poema, Lê!

Perfeito!
Grande, Mário Quintana!

Beijo.

Rebeca Postigo disse...

Amo esse poema!!!

Bjs

Erica disse...

Por isso que o amor tem que ser dado aos pouquinhos, com todo cuidado, pra não gastar todinho.

Lindo!

=**

[http://ericaferro.blogspot.com/]

 
imagem do banner Design