Trocando passos

em segunda-feira, julho 12, 2010
Troco passos com ninguém
esperando por você,
mas você não vem
e agora não sei o que me convém
Tento me aproveitar,
ser minha companhia.
Por onde você caminha?
Quero lhe acompanhar!
Falta, não pareço fazer.
Quero evitar procurar você.
Revelo o desejo pelo teu abraço,
você me encontra e se mantém calado.
Continuo meu caminho
Trocando passos com ninguém.
Sozinho.
(Karol Coelho)

6 comentários:

Letícia disse...

E assim vai... Nada como um dia após o outro. Mas a companhia que encontramos em nós mesmos é a solidão.

Adorei Karol.

gabriela marques. disse...

Solidão é terrível! :(

Adorei teus versos.

Rebeca Postigo disse...

Leves e apaixonantes...
Amei!!!

Bjs

uma criança. disse...

Ou aprendemos a ser amigos da solidão, ou realmente estaremos sozinhos.

Kenny Rogers disse...

Nessa vida sempre há uma opção, alguém sempre sente a nossa falta, alguém sempre trocará passos com a gente. Alguém sempre vai querer te abraçar, só basta nós queremos.

Doí. =(

Erica disse...

Às vezes se é só, mas não é só sempre.

Bonitas rimas.

Beijo, Karol.

[http://ericaferro.blogspot.com/]

 
imagem do banner Design