Clamor da eternidade...

em sábado, janeiro 16, 2010
Porque gritar também significa clamar
E eu clamo por você
Por seu amor
Pelo o que você esconde por dentro
O seu melhor
É isso que quero de você

Venha, me envolva
Venha, me devolva o sono
Venha, me devolva tudo o que me roubaste
Roubaste-me de mim quando apareceste em meu viver

Sonho todas as noites com os beijos teus
Os carinhos e as juras
Ah! Doces sonhos
Doces ilusões
Tu és toda doçura
E eu te quero por uma vida e meia
Não! Te quero pela eternidade inteira!

(Erica Ferro)

5 comentários:

Rebeca Postigo disse...

Lindo!!!
Que seu desejo possa se realizar!!!

Bjs

Natália disse...

Cheia de desejos. Beijo

Letícia disse...

Uma vida e meia num parece o suficiente messmooo!

Jééh disse...

lindo, é o amor é sempre assim uam doce inlusão, que nos tira a calma e nos dá um motivo muito forte pra viver (ou não)

Karol Coelho disse...

Ficou perfeito... até copiei nos meus scraps... rs

Eta, poeta pura!

 
imagem do banner Design