Sempre pela primeira vez...

em sexta-feira, janeiro 01, 2010
(Inspirado em De Ontem em Diante)

É como se eu nascesse todo dia. Não é incrível que existam bananeiras, abacateiros e jabuticabeiras? De onde será que veio tudo isso? Todo dia eu me faço as mesmas perguntas. É como se eu estivesse vendo as coisas do mundo sempre pela primeira vez. Os vales, a chuva, os mares. A terra, os animais e as florestas. O fogo, o tempo e a claridade. Sem falar no céu com todas as suas estrelas e na lua com todas as suas fases. Com surgiu tudo isso? Os meus porquês são palavras incontáveis. O sentimento de absurdo me invade quando reparo na arquitetura humana. O sistema nervoso, veias e artérias, músculos e ossos, cérebro e coração. Bocas e braços, narizes e olhos, ouvidos e mãos. O ser humano é feito de uma perfeição absurda. Realmente inexplicável. Me admiro o tempo inteiro e acredito que nunca vou me acostumar com as coisas do mundo. Quem criou tudo isso? A resposta óbvia me remete a Deus e eu pergunto: Se Deus criou tudo, quem criou Deus? Se tudo surgiu Dele, de onde Ele surgiu então? As perguntas continuam sendo as mesmas, só mudou o sujeito da oração. Eu vejo as coisas do mundo como quem assiste a um espetáculo de mágica. Num grande truque, o belo coelho branco surge de dento da cartola , até então, vazia. Como assim? Não sei. Mas quero muito saber. Todo dia eu acordo buscando saber quem sou e de onde vem o mundo. E me faço as mesmas perguntas. É como se eu estivesse vendo as coisas do mundo sempre pela primeira vez. É como se eu nascesse de novo, todo dia.
(Maíra Viana em O Teatro Mágico em Palavras)
Me lembrou ano novo esse conto.
"É como se eu nascesse de novo, todo dia..."
Esse é o espírito!

Postado por Letícia Christmann

4 comentários:

●๋• тнαi иαรciмєитσ disse...

Lega. Eu tb fico espantada e maravilhada todas as vezes que olho À minha volta. Poderia passar horas observando o céu. Mas tudo isso só me faz acreditar mais em Deus, em uma razão pra q tudo isso exista.

Jééh disse...

nossa isso é muito lindo, e sim, isso lembra muito e verdadeiro espirito que deve ter o Ano novo, o ano novo só não, mas todos os dias deviam ser tratados da mesma forma, vc deeveria nascer de novo ao amanhecer de cada um deles ^^
Amei o texto ^^

Rebeca Postigo disse...

Lindo texto...
Estou sem palavras...
Simplesmente perfeito!!!

Bjs

Erica Ferro disse...

Eu quero não me acostumar com o que vejo e o que vivo.
Quero ter sempre fome de vida e encantamento ao visualizar os milagres divinos.

Um beijo. ;)

 
imagem do banner Design