Meus Rabiscos

em sexta-feira, setembro 17, 2010
Eu rabisco meus passos por aí.
Rabisco bem rabiscado.
Os guardo pra lembrar.

Tenho rabiscos dos meus sonhos.
E como todo bom rabisco,
só eu entendo, e olha lá!

Nos rabiscos visualizo horizontes,
Novas formas.
As vezes mudo as cores do meu lápis.
As vezes, uso caneta mesmo!
É mais difícil de apagar!

Rabisco desde cedo!
De vez em quando eu pego um lápis emprestado.
A borracha já tentei usar, mas mesmo assim,
Quase sempre ficam as marcas no papel.

Vou rabiscando aqui, rabiscando lá!
Cada um com seus rabiscos!
Estou aprendendo a desenhar.

(Karol Coelho)
Tava com saudade!

5 comentários:

Tony Marlon disse...

Rabiscar palavras é abrir as portas para o amor. Amor que tem nome e endereço. Que tenho. Mereço. Amor. Karol. Karol. Amor. Quanta redundância, meu Deus.

HigorBRodrigues disse...

Adorei...

Letícia disse...

Acho que é bem por isso que o clichê vale: não façamos da nossa vida rascunho, pode não dar tempo de passar a limpo.

Belíssimo Karol

Erica Ferro disse...

Aprenderemos a desenhar quando dermos o último suspiro. Ou não. Sabe lá...

Beijo, Karol.

Mais um imundo no mundo impuro. disse...

Eu também sonho e prefiro sonhar (Sonho. E isso é tudo).

Abraços Imundos!

 
imagem do banner Design