Nada por mim

em domingo, setembro 12, 2010
Lembra daquela última vez que estivemos juntos? Sorrimos, brincamos, conversamos. Parecíamos amigos, sem brigas, sem preocupações, sem desavenças. Eu consigo me lembrar daquele dia com facilidade, acho até que não faz tanto tempo assim. Mas aquela felicidade quase plena parece distante. Não fingíamos, não conversávamos com meias palavras, nenhuma frase poderia tomar duplo sentido como de lá pra cá.
Naquela última vez estávamos completos, realmente juntos. Estávamos ligados, interessados. Agora vejo, parece muito tempo. Nos desconhecemos tão fácil, nos desencontramos, não nos acertamos. Começo a sentir que nos conhecemos demais. Demais para estragar. Será que viramos um só que não conseguiu se dar bem?
Nessa história toda conseguimos ser o diabo e o anjo ao mesmo tempo. E o mais importante esquecemos: nós.
E como sempre, a cama fica vazia, a vida rotineira, o coração apertado... E o que sobra é a falta.
-
"Você me tem fácil demais, mas não parece capaz de cuidar do que posssui. Você sorriu e me propôs que eu te deixasse em paz, me disse vai e eu não fui.
Você me diz o que fazer, mas não procura entender que eu faço só pra te agradar. Me diz até o que vestir, com quem andar e aonde ir, mas não me pede pra voltar...
Não faça assim, não faça nada por mim... Não vá pensando que eu sou seu."
(Paula Toller e Herbert Vianna)
-
Letícia Christmann

6 comentários:

Rebeca Postigo disse...

Como é gostoso ler-te...
Letícia...
Parece que descreveste uma situação bem parecida com a que um dia já vivi...
Ao ler teu texto pude retornar ao passado e assistir novamente ao filme...
Hehehe...
Confesso que não gostei do que vi...
Mas...
A realidade nunca nos agrada...

Bjs

so sad disse...

a cama vazio é um espaço tão grande...
essa musica ja me disse muito!
beijo!

Ariana disse...

Só essa música ja traduz todo um sentimento!

Lindo texto,adorei!

Beijos

Ana D disse...

Vivi isso, será que só eu ? rsrs Sentimentos as vezes são tão comuns a todos, assim como vivências...Me comovi

gabriela marques. disse...

Tem uma música que ao ler esse tempo eu me lembrei! Sete a uma - Offline

Erica Ferro disse...

Será que o segredo de amar é não se conhecer bem?

 
imagem do banner Design